23/11/2018

Amor e marcas...


Quanto tempo me faltar, eu te darei
E assim serei feliz
Ainda escuto a tua voz
Dentro de mim só há o teu amor
Lembro-me com saudade tantas palavras duas
Do teu jeito e doçura
Aquele riso me encantava e logo me derramava só para ti
O amor me faz lembrar de ti todos os dias
Logo pela manhã quando ouço pássaros a cantar
Penso logo que é o teu amor a anunciar
Mas os dias se passaram e uma inevitável despedida
A tua voz ficou em mim, o teu ser e tudo que há
O que penso, o que sinto, o amor e até meu respirar
As marcas do nosso amor nem mesmo o tempo vai apagar
Se eu tivesse algum dom eu te traria
E logo eu faria ressuscitar amor em mim
Pois eu sei que há a tua presença em tudo que faço
Finjo não sentir e ajo com desfaçatez
Só para fingir que sei viver sem tua presença
É aparência para esconder essa dor que parece me dilacerar
E sei que só passará se um dia te reencontrar

Nilson Ericeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário