12/07/2017

Coração vertente

Quando a saudade chega e o amor abastece o peito
Quando o amor nos alaga e nos faz transbordar
Já é sinal de o amor desabrocha de qualquer jeito
Mas quando a saudade nos toma nos fazendo chorar
É sinal de que o coração verte água e pode até se alagar
Quando meu amor desse jeito quer me acomodar
É pra fazer firulas do fundo do mar desse 

coração-oceano que se aconchega pra amar
Esse meu coração sente uma saudade que provoca ausência de ar
Ah um amor que me leva pra onde a saudade levar
Mas quando o vento me levar sei que vou sentindo essa saudade no peito de que faz me lembrar
Desse amor no peito que me alaga no meio do mar
É um coração-oceano que me faz de amor transbordar.


Nilson Ericeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário