27/06/2017

Arari em traços...




* Da série: Arari 153 anos de história

Um rio me cerca.
Um povo me abraça
Um amor me acolhe.
Um calor me aquece.
Uns pingos me molham.
E um frio me umedece.
Uma estrada me leva.
Um caminho eu sigo.
Umas falas escuto.
Uns sentidos eu tenho.
Uma unção, oração, sintonia...
Eu sou de Arari.
A uma família pertenço.
Eu sou de gerações.
Pois sou fruto do amor dessa estação.
De uma coisa eu sei, que amo essa terra demais.
E sigo por uns remansos e marés.
Entre maresias e igarapés.
Em rumos, caminho e estradas.
Das minhas entranhas, pois sou desse lugar.
Arari eu declaro que me pus nesta vida pra fazer poemas e te amar. 

Nilson Ericeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário