24/06/2017

Ara ali em Arari do meu coração!



Ara com o cheirinho de terra fresca nas manhãs de todos os dias.
Ara na minha doce saudade e cumplici-dade.
Ara ali no centro do peito pulsante.
Invade meu coração e me derrama amor.
Na goteira que bate a noite toda.
Da lata velha no quintal que nem vi parar de bater.
Ara meu coração de um amor sentidos cujos sentidos me levam a ti.
Ara Arari no peito receptivo de um coração amante.
Que embora tão distante, mas tão perto de ti.
Ara nas preces e orações.
Arari o começo e o fim do dia, pois cada dia eu amor mais e mais.
Ara dentro de mim um sentimento de justiça e igualdade que não se conforma.
Mas às vezes até se conforta ao ver gente que passa que vai e que fica...
Mas ara no meio de um Rio único que só corre para perto de nós.
Ah eu não tiro esse nós de te querer onde eu for.
Mesma sabendo que sempre estarei aqui.
O inverno chegou, o verão já vai retornar...
As andorinhas já se aninham para um dia voltar.
E, assim, novamente beliscarem tuas águas e riscar o céu de Arari.
E arar de amor multiplicado e dividido por todos nós que amamos esse lugar.
Onde nós estivermos poremos o nosso fermento de amor para arar em ti outros canteiros com essências de flores.
E creio que há mais sementes para quem veio semear.
Então, pode também arar e orar por tudo que há neste lugar.

Compadre Robrielle

Nenhum comentário:

Postar um comentário