22/05/2017

PARA REFLEXÃO SE COUBER: Em que somos livres? Quais os controles do Sistema sobre a nossa condução? Em que reside a nossa pobreza? Até que ponto somos dignos nas nossas relações? Por que as nossas conveniências têm que ser coincidentes e as dos outros nem sempre? Em que aspecto podemos melhorar? Eis algumas inquietudes quem nem sempre contemplam a todos e nem somos obrigados a refletir sobre elas. (Nilson Ericeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário