08/03/2017

PONTO DE VISTA I



Já se percebe uma movimentação dos atuais parlamentares pretendo mostrar ações ou mesmo propor o que não propuseram. É que a eleições para deputados, governadores, vice-governadores e senadores se aproximam.
Olha que muitos deles não retornaram nem às suas ‘bases’ após o pleito eleitoral passado.  Agora começam, com a benevolência de parte da mídia, querem mostrar o que não fizeram. Tudo porque é necessário demonstrar que é atuante.
Não devemos nos iludir, pois não lhes faltarão cabos eleitorais para lhes darem cabo a uma caminhada vitoriosa.
Passamos quase três anos de total inércia política em que nada se fez, nada foi proposto. Mas na hora da eleição a história é outra. Paridos em conchavos já arrumam as malas, métodos e técnicas para subtraírem votos e prometerem mais um monte de coisas.
O que há, na realidade, são egos inflados e distantes da nossa realidade. Caso o peso eleitoral fosse ações concretas, seriam os atuais mandatários, com raríssimas exceções, relegados a uma espécie de míngua eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário