15/03/2017

A saudade



Gotas de orvalho revitaliza coração.
Às flores!
Uns ninhos que amanhecem vivos.
Em sementes aparentes!
Que maturam!
Acho que é orvalho do coração, é expectativa de amar.
O aceite do coração nos invade, nos transforma.
O amor nos humaniza.
Até alegra minha meia tristeza sentida.
Que me move a tempos que outrora me cabia.
E agora, poesia!
E no meu coração, decodificações...
Essa gotícula que se mistura ao tempero do mundo.
Esse jeito de acomodar no capim.
Essa forma de nem sem perceber.
Parece até aquele riso discreto e aquela lágrima que só eu vi.
Mas rolou em mim como uma marca.
Esse orvalho sentido aumenta a minha saudade dis-tra-í-da.
A saudade que é dela.
Mas sentida em mim.
E me olho molhado num oceano de amor.
Acho que essa fonte, mesmo em gotículas, abastece meu ser a todo instante de vida. 

Compadre Robrielle

Nenhum comentário:

Postar um comentário