06/11/2015

O amor



O amor é o amor que nasce no coração.
É semente é maturação.
Algo ás vezes tão esquisito no coração.
É a fadiga boa, é transpiração.
O amor é o infinito das coisas
e a finitude do começo e do fim.
É o desejo ardente, o balanço das águas.
O voo da águia.
O sonho são essas realidades...
É a essencialidade do ser.
É o que é e o que não é.
O que pode ser.
É signo invisível, a emoção do sentir.
O florir e o desabrochar.
Essa semente é o amor.
O orvalho que molha.
O sol que nos toca.
Abraço que nos abraça.
A vida e os sentidos. 

Robrielle

Nenhum comentário:

Postar um comentário