04/10/2015

Sim senhor: meu pai



Meu consciente que abrasa-me
Meu amor que me restabelece
Minha voz de comando.
Meu primeiro abrigo e sorriso.
Meu estado de espírito.
Meu acerto do tempo.
Abrasa-me, abrace-me, restabeleça-me.
Comando de minha voz.
O abrasar da minha consciência.
Meu espírito acolhedor.
Meu senhor.
Sim senhor: meu pai.

Nilson Ericeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário